3 dicas para empresas do setor têxtil se destacarem em 20215 min read

Como sintetizou Andrea Bell, diretora geral do instituto de previsões WGSN na mais recente edição da pesquisa O Consumidor do Futuro, “a pandemia do coronavírus é o maior propulsor global de mudanças dos últimos tempos”.

Tudo mudou em um ritmo inédito e grande parte das tendências previstas para os próximos anos, sobretudo as que tem a ver com a busca por conexão humana, a reaproximação com nossas origens e a compra por propósito, foram aceleradas e já estão moldando o comportamento dos consumidores de agora.

O mercado da moda – um dos mais afetados pela crise sanitária – desponta como um celeiro de adaptações nesse novo momento. Para driblar a queda no faturamento que as medidas de isolamento social provocaram, o setor têxtil, mais do que qualquer outro, teve que buscar alternativas desafiadoras a fim de entender as novas necessidades de um consumidor assustado, que está apresentando novos hábitos de consumo frente a essa realidade inesperada.

A boa notícia é que o segmento do vestuário está se recuperando com solidez, e as perspectivas para o próximo ano são bastante positivas. Porém, para se destacar no mercado em 2021, será preciso ultrapassar diversos obstáculos e se adaptar a novidades, como o Varejo 4.0, fortalecer a relação com a sustentabilidade e buscar mão de obra qualificada.

A seguir, apresentamos 3 dicas para as empresas do setor têxtil se destacarem em 2021, com intuito de ajudar a sua marca a planejar ações assertivas para crescer nesse momento de recuperação.

Dica 1: prepare-se para atender um novo perfil de consumidor

O consumidor do futuro, que já está entre nós, não quer mais consumir apenas por consumir. Para o mercado, isso significa um fim às compras sem propósito. A pesquisa The State of Fashion, conduzida pela publicação inglesa Business of Fashion em parceria com a empresa de consultoria McKinsey & Company, apontou que a insegurança das pessoas deve afetar (e diminuir) o consumismo exagerado.

A partir de agora, elas tendem a escolher melhor onde e o que compram, priorizando peças mais duráveis e sustentáveis. Um produto final de valor não será apenas uma mercadoria de qualidade, mas um item sustentável em toda a sua cadeia produtiva. Abandonar modismos, investir na qualidade dos processos, em matérias-primas ecológicas e alinhar o propósito da sua marca com o desejo dos seu público-alvo deve estar nos planos da sua empresa têxtil em 2021.

Dica 2: invista em tecnologia

A Indústria e o Varejo 4.0 não são mais conceitos distantes e sim um caminho natural, que está colocando muitos negócios que não hesitam em pegar esse atalho à frente de quem ainda reluta em adotar a tecnologia em seus processos, seja para produzir ou atender o seu cliente.

Em crescimento exponencial, a tecnologia tem revolucionado as formas de fabricar. Nesse sentido, é preciso avaliar quais tecnologias podem impactar o seu negócio e definir uma estratégia para implementá-las. Dentro das indústrias, a transformação digital diminui custos, otimiza a manutenção preventiva e coleta dados importantes, que facilitam a tomada de decisão imediata e o planejamento a curto, médio e longo prazo.

Já na hora de vender, ela permite que a marca possa oferecer uma nova experiência para o cliente. Lojas sem estoque, câmeras com sensores de calor para identificar locais de maior circulação, e-commerce bem estruturados e aplicativos que possibilitam que o cliente prove a peça virtualmente são algumas das novidades que estão surgindo com os avanços da tecnologia, e devem ser cada vez mais comuns. O momento é ideal para investir em soluções pioneiras, que vão satisfazer o consumidor e dar destaque para a sua marca de moda.

Dica 3: automatize os processos para focar no que é essencial

Se o seu negócio ainda sofre com falta de organização, perde tempo coletando informações manualmente e tem um alto índice de retrabalho, essa talvez seja a dica mais importante que você vai ler hoje: invista em um sistema de gestão que vai otimizar o precioso tempo dos seus colaboradores e resultar em ganhos de produtividade e maior segurança das informações da sua empresa.

Com a implantação de um software de gestão ERP especializado na indústria do vestuário, é possível realizar um planejamento estratégico mais eficiente, controlar as contas da empresa e integrar setores e processos. Um sistema como o Consistem ERP possui funcionalidades exclusivas que atendem a realidade do segmento têxtil e de confecção, e oferece suporte para tornar as tarefas rotineiras mais produtivas.

São vários motivos para investir no Consistem ERP, e entre as vantagens que o sistema oferece, está a padronização de tarefas e procedimentos, diminuição dos riscos operacionais e a qualificação nos processos, evitando erros, desperdício ou falhas no gerenciamento dos recursos, sejam eles financeiros, materiais ou humanos.

Sem dúvidas, sistemas de gestão que integrem todos os setores, beneficiando os processos com agilidade, redução de erros e tomadas de decisões mais assertivas, são essenciais para diferenciar empresas que vão se destacar em 2021 e apresentar um maior potencial competitivo ao mercado. Não deixe essa transformação para depois e solicite uma demonstração gratuita do Consistem ERP agora mesmo.

FONTE: CONSISTEM