Conheça as melhores práticas para otimizar a produção têxtil6 min read

Houve um tempo em que otimizar processos era um diferencial de organizações modernas que buscavam melhorar resultados de custos e produtividade. Hoje, trata-se de uma questão de sobrevivência desenvolver melhorias e integração dos métodos de trabalho. Com a indústria de roupas e tecidos não é diferente. Potencializar a linha de produção têxtil é um desafio que exige sérios investimentos de análise e planejamento, porém, a resposta é compensadora.

A proposta deste artigo é apresentar boas práticas que podem ser adotadas na criação de condições mais favoráveis e vantajosas para a fabricação de artigos têxteis. Ficou interessado em conhecer um pouco mais? Continue a leitura!

O que significa otimizar processos?

A otimização faz parte da gestão de procedimentos e representa um conjunto de medidas executadas para minimizar custos, cortar desperdícios e fazer o melhor uso possível dos recursos — financeiros, tecnológicos, materiais e humanos.

Para que seja realizada corretamente, ela deve iniciar com um mapeamento eficiente de todas as etapas de trabalho, ou seja, o gestor precisa visualizar cada fase de cada processo, com todos os mecanismos envolvidos. Somente com esse mapa de trabalho, é possível realizar análises minuciosas para planejar ações de correção e de integração entre os setores.

Também faz parte desse aperfeiçoamento criar métodos e indicadores para medição de performance. Com eles, a observação dos resultados se torna mais ágil e precisa, o que representa uma base mais real e exata para direcionar as tomadas de decisão.

Como otimizar a produção têxtil?

Algumas medidas importantes podem ser implementadas para melhorar o desempenho de sua confecção. Podemos dividi-las entre três principais pilares: pessoas, tecnologia e gestão. Veja:

Pessoas

Invista na equipe

Funcionários bem treinados trazem muitos benefícios à empresa. Além de se sentir motivado porque a empresa está investindo em seu desenvolvimento, alguém bem preparado tende a ser mais produtivo e pode estar apto a identificar oportunidades, a contribuir com a evolução da equipe e a propor mudanças que reflitam positivamente na produção ou no ambiente de trabalho.

Melhore a comunicação

Faz parte de um treinamento efetivo compartilhar com o time uma visão geral do funcionamento da empresa e prepará-los adequadamente a cada implementação de novos processos e tecnologias. Comunicar-se bem com os times significa compartilhar expectativas e resultados, informar os objetivos e os caminhos necessários para atingir cada um deles e alinhar todas as informações necessárias para a correta execução dos procedimentos.

Mensure a performance da equipe

Desenvolva formas de mensurar o desempenho dos funcionários e faça mudanças, se necessário. Isso pode ser feito a partir de indicadores de produção, por exemplo, e devem estar atrelados a metas previamente estabelecidas. Porém, você deve ter cuidado ao estipular metas que sejam atingíveis, mensuráveis e sustentáveis. É preciso ter atenção ao fato de que objetivos inalcançáveis ou a falta de reconhecimento por desempenhos de excelência podem provocar o efeito contrário: a desmotivação.

Tecnologia

Avalie a qualidade do maquinário

O trabalho conjunto de capacitar pessoas, redefinir metodologias e reduzir custos depende de ferramentas de trabalho que sejam condizentes com essa proposta. Máquinas obsoletas podem gerar grandes prejuízos de qualidade de produto, de tempo de execução e outras despesas como manutenção constante ou alto consumo de energia. Vale a pena fazer um investimento que será recompensando dentro de um prazo calculado.

Utilize a tecnologia a favor das pessoas e da operação

Todos os recursos que já estão disponíveis devem ser utilizados de forma a facilitar a rotina. Estamos falando de equipamentos e de ferramentas digitais de comunicação e sistemas. Após uma avaliação detalhada, caso seja identificada a necessidade de adquirir novas tecnologias que realmente tragam um diferencial, é importante fazer esse investimento também.

Gestão

Reformule o layout da fábrica

Avalie com cuidado o layout atual e identifique se ele está apropriado à sequência de etapas da produção e à rotina dos funcionários. A distribuição adequada de maquinário e mobiliário pode ser responsável por uma importante economia de tempo.

Crie metas para o setor

Trabalhar a partir de um propósito claro conduz a força de trabalho para focos em comum. As metas não precisam ser relacionadas à produção. Objetivos referentes à redução de custos, economia de matéria-prima e sustentabilidade são excelentes indicadores de trabalho. Independentemente de quais sejam, é fundamental comunicá-los abertamente aos colaboradores e garantir que todos tenham assimilado.

Considere novas metodologias de trabalho

Alguns conceitos de métodos de trabalho foram adaptados à indústria com o objetivo de reduzir custos sem comprometer a qualidade do produto. Duas delas são:

Just in Time

É um modelo de gestão inspirado na experiência da japonesa Toyota, que propõe a adequação do volume produzido à demanda de pedidos. Dessa forma, todos os recursos estarão limitados de acordo com a procura, sem estoque ou pessoal excedente.

Conceito Lean

A Lean Manufacturing, ou Metodologia Enxuta em português, é uma abordagem que busca identificar e eliminar desperdícios. O conceito defende a melhoria contínua e a eficiência com a utilização dos recursos estritamente necessários para executar as tarefas.

Analise constantemente os resultados

Como foi dito no início deste artigo, mapear os processos e criar indicadores de performance são essenciais para que a otimização resulte em economia e lucratividade. Os números ajudarão a identificar chances de melhoria e o mapeamento poderá mostrar exatamente onde está ocorrendo falha.

Qual o papel do gestor para uma otimização eficiente?

Um dos principais focos da otimização é enxugar custos. Para ter êxito nessa finalidade, o gestor precisa atuar decisivamente em cada uma das ações que foram mencionadas anteriormente. Ele deve estar próximo da equipe, garantir uma comunicação eficaz e abrangente e aproveitar plenamente os meios disponíveis.

A liderança do setor precisa ter um olhar atento aos resultados e dados concretos, sem perder o que acontece na prática, junto à linha de produção. Outra atribuição muito relevante é ter conhecimento das novidades tecnológicas e ter a percepção de novas possibilidades.

Para finalizar, vamos fazer um breve resumo do que foi lido. O aperfeiçoamento de processos existe para reduzir despesas e melhorar os números. Ela acontece a partir de compreensão e delineamento dos métodos de trabalho, monitoramento e medição de performance em cada procedimento, busca permanente por melhorias e pelo atingimento de metas.

Algumas boas práticas podem auxiliar nessa tarefa e elas estão apoiadas sobre importantes pilares, que são as pessoas, as tecnologias e a gestão. Essas e outras práticas voltadas à produção têxtil podem ser compartilhadas por empresários e fornecedores em eventos qualificados para atender a esse setor. As feiras especializadas oferecem informação e networking em um só lugar, além da possibilidade de geração de novos negócios.

Gostaria de ter mais informações a respeito das feiras e onde encontrar as soluções para sua empresa? Então entre em contato conosco.