FCEM Febratex GroupNOTÍCIASArtwork Business Moda: descubra as oportunidades do setor têxtil no Sul do Brasil5 min read

Moda: descubra as oportunidades do setor têxtil no Sul do Brasil5 min read

A indústria têxtil e a moda no Sul do Brasil vêm se destacando pelo mundo. Sua capacidade como indústria criativa tem dado passos importantes nas últimas décadas. Atualmente, os estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná já somam cerca de 9.450 organizações.

De acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria Têxtil (ABIT), a Região Sul do país soma 29% do faturamento desse setor, totalizando, em média, 18 bilhões de dólares arrecadados no último ano.

Isso porque, na região, foram realizados enormes investimentos em campanhas publicitárias, mão de obra qualificada e infraestrutura. Nesse sentido, os grandes empresários investem sua empresa na região, visto que é um local que oferece boa oportunidade de desenvolvimento.

Sabendo da importância desse tema, preparamos este post para você descobrir as melhores oportunidades do setor têxtil no Sul do Brasil. Confira!

Principais polos do setor têxtil na Região Sul do Brasil

É necessário destacar que Blumenau se consolidou como um dos maiores polos industriais têxteis, ao longo dos 167 anos de fundação. Um desenvolvimento que foi seguido pelas múltiplas mudanças no setor. Os antigos teares foram trocados por outros que diminuem gastos, aumentam a produção e a qualidade do produto.

Febratex 2018, que reuniu mais de 2,4 mil marcas de 67 países, revela a importância da região para o cenário desse segmento. O evento oferece o que existe de mais inovador para todo o setor produtivo têxtil. Os corredores ficam repletos de profissionais da área, que demostraram muito interesse a cada exibição nos 400 estandes, por cinco setores da Vila Germânica.

Produtos que são fortes na Região Sul

Sede de enormes e tradicionais organizações têxteis, Blumenau é responsável por Santa Catarina ser um dos maiores polos do setor no país, que agora acredita na diversificação de produtos e no fortalecimento de marcas. O empreendedorismo move a cidade de Blumenau.

De acordo com o Ministério do Trabalho, o município conta com 2 mil empresas do ramo, que empregam mais de 30 mil pessoas. Mesmo sendo vítimas da concorrência acirrada do mercado chinês, os principais negócios encontram na diversificação de mercadorias e no fortalecimento das marcas uma maneira de continuarem em destaque.

O caso mais importante é o da renomada Hering, que passou a investir em lojas próprias. Desse modo, consistiu em uma revolução na forma de fazer negócio. Atualmente, são 500 estabelecimento de venda no país e no exterior. Outra empresa que merece destaque é a grife de camisas Dudalina. A organização foi fundada, nos anos de 1950, pelo casal Adelina e Duda Hess de Souza. Hoje a empresa emprega mais de 2 mil funcionários em 6 unidades.

Nesse contexto, a tendência é que esse movimento das grandes marcas interfira significativamente no setor. Visto que, o mercado têxtil tem sofrido com os preços do algodão e a concorrência chinesa. Agregar valor à marca e fortalecer a imagem é uma excelente saída, já que diversas empresas seguiram essa linha e deu certo.

Avanços tecnológicos do setor têxtil na Região Sul

A tecnologia ajudou o setor de moda no Sul do Brasil e os maquinários não são inseridos apenas para acompanhar a evolução. O surgimento de softwares ajuda a melhorar gestão das organizações têxteis, com o gerenciamento de todos os processos e setores de maneira integrada.

Sendo assim, é essencial o controle da gestão e da operação. Pois, ao trabalhar com um software que seja capaz de fazer com que a empresa execute suas funções como uma engrenagem, ele é capaz de informar a necessidade de compra de matéria-prima, avaliar o que está em produção, analisar o estoque e também a área financeira do negócio. Dessa maneira, ele realiza interligação das ações, uma necessidade dos empreendedores, que muitas vezes não conseguem visualizar a fábrica por inteiro.

As cores e a imagem estão presentes nas roupas e peças elaboradas nas indústrias da área têxtil. Para satisfazer o público final, o método de impressão é essencial para chamar atenção das vitrines. Uma marca de equipamentos de impressão percebeu esse nicho de mercado e começou a atuar em soluções para estamparia digital.

Logo, a tecnologia digital, seja de sublimação ou impressão direta, favorece a produção de lote da quantidade que o investidor desejar. Além de diminuir os desperdícios de uma fábrica e poder redobrar as coleções do público que gosta de estampas.

É preciso trabalhar com a inovação tecnológica e a criatividade, pois são itens crucias no setor. Além disso, é necessário acompanhar de perto as novas tecnologias, porque elas estão mudando constantemente e é fundamental trabalhar dentro dos objetivos sustentáveis do progresso.

Grandes oportunidades para pequenos produtores na Região Sul

A Região Sul apresenta um dos maiores polos produtivos e de grande reconhecimento no país. A Região faz fronteira com Uruguai e Argentina, o que facilita um intercâmbio comercial, sendo muito relevante para o setor de moda na Região Sul. Esses países apresentam uma moda que atende bem a produção local, já que tem o clima frio, parecido com o de Santa Catarina.

Dessa forma, esse fator tem uma função importante no comércio e na produção. Logo, existem grandes oportunidades para pequenos produtos e o mercado exige sempre novos empreendedores.

Portanto, a região merece toda atenção, não só do governo ou das prefeituras onde estão situados os principais polos, mas também da Federação da Indústria, porque o segmento de moda no sul do Brasil emprega muita gente e viabiliza a inserção de novos investidores no mercado.

Gostou do nosso post? Então, aproveite para conferir um pouco mais sobre a Febratex!