Descubra 3 formas de personalização em massa de produtos têxteis3 min read

A personalização em massa está se tornando cada vez mais presente como um modelo de produção comercialmente viável na indústria da moda. São cada vez maiores os números de artigos fashion produzidos em grandes quantidades, como produtos de supermercado, por exemplo.

Além da fabricação em larga escala, a personalização em massa na indústria da moda também permite que os produtos sejam feitos de acordo com os desejos dos clientes. Essa tendência está tornando a fabricação mais democrática, sustentável, barata e eficiente. Quer saber mais sobre as técnicas que possibilitam essa realidade? Então, continue conosco!

Técnicas práticas

A personalização em massa de produtos do setor da moda torna-se viável por meio de técnicas modernas e efetivas. São elas:

1. Impressão 3D

A impressão 3D, também chamada de tecnologia de fabricação aditiva, é uma revolução na fabricação de produtos, pois ocorre por meio da impressão de sucessivas camadas, o que diminui os custos de montagem e o uso de matéria-prima. Com isso, há uma maior facilidade em produzir em larga escala, além de atender aos padrões financeiros e de sustentabilidade.

A fabricação aditiva é também realizada por meio de um arquivo digital, o que possibilita aos designers uma maior flexibilidade dos seus projetos.

2. Ferramentas em rede

Por meio das ferramentas em rede, a indústria da moda consegue captar as necessidades dos clientes de maneira mais rápida, facilitando a personalização em massa de produto têxtil. Essas ferramentas podem ser classificadas em dois tipos:

Comunicação bidirecional

A comunicação bidirecional utiliza o modelo “dar e receber” de transmissão de dados na Internet. São exemplos desse tipo de comunicação as mensagens instantâneas, as redes de computadores, os aplicativos de conversa, as salas de chat etc.

Comunicação móvel

A comunicação móvel é uma constante na vida de grande parte dos cidadãos. A facilidade de interagir de qualquer forma e em qualquer lugar é a maior vantagem desse tipo de comunicação, que se dá por meio dos celulares, smartphones, rádios, entre outros. Atualmente, é praticamente impossível uma relação B2C sem o uso dessas máquinas.

3. Modelagem 3D e máquinas de costura automatizadas

A modelagem 3D permite a criação de objetos em três dimensões por meio do uso de programas de computadores específicos. Essa técnica permite a combinação, substituição e até inovação de diversos tipos de tecidos, como a combinação de tecidos com texturas 3D, a substituição de um tecido em algodão por um revestido em polímeros e a criação novas texturas.

Já as máquinas de costura industriais automatizadas são desenvolvidas em colaboração com o cliente, de forma a resolver problemas específicos de fabricação. Com isso, a personalização em massa é facilitada, pois o fabricante saberá exatamente o desejo de determinado nicho do seu ramo, podendo criar uma escala do produto.

Os fatores apresentados acima tornam a personalização em massa de produto têxtil uma tendência no mercado da moda. Essas modernas técnicas estão alavancando o modelo de fabricação que, com o tempo, se tornará ainda mais dominante.

Gostou do nosso post sobre a personalização em massa de produto têxtil? Então, aproveite para aprender mais, agora mesmo, sobre como se beneficiar da impressão 3D na indústria têxtil.