Saiba mais sobre práticas sustentáveis na indústria do jeans3 min read

A indústria do jeans consiste em um dos setores mais essenciais no ramo da moda, mas também tem impacto para os recursos naturais em sua produção. O tingimento com corantes e a energia gasta no transporte são outros temas ambientais da produção do tecido clássico. É por essas razões que diversas empresas estão investindo em soluções sustentáveis para reduzir os impactos ambientais.

Nesse sentido, continue a leitura e conheça algumas práticas sustentáveis na indústria do jeans!

Iniciativas que podem diminuir os prejuízos ao meio ambiente

A poluição ambiental e a drástica redução dos recursos naturais são alguns dos contratempos ocasionados pelas indústrias de jeans. No entanto, existem maneiras de elevar a sustentabilidade e reduzir os impactos gerados pela indústria de jeans. Sendo assim, confira as principais alternativas para diminuir os prejuízos ao meio ambiente.

Mudança de hábitos

Para se encaixarem no novo perfil do cliente — mais consciente de seus deveres ambientais e participativos socialmente — companhias do setor têxtil têm repensado suas ações e adequado práticas, adotando uma postura mais sustentável. Isso interfere na escolha de fornecedores de tecidos e de outros materiais, nas práticas sustentáveis de fabricação, no salário justo e no respeito aos colaboradores, sua comunidade e a sua família.

Desse modo, algumas mudanças são essenciais em uma indústria de moda que pretende aumentar sua responsabilidade social, sendo elas:

  • uso de tecidos com “selo verde” ou ecofriendly, como os formados por retalhos ou fibras de garrafa PET e algodão orgânico;
  • utilização de corantes naturais para tonalizar os tecidos;
  • dar preferências aos intense láticos que sejam de boa qualidade, mais duráveis e atemporais, além de não considerar as tendências fashion que podem prejudicar os recursos naturais.

O consumidor ligado à necessidade de adotar ações mais sustentáveis precisa conhecer os acessórios e roupas que usa, de onde vem a matéria-prima e se a organização respeita o direito dos trabalhadores. Por essa razão, basta observar nas etiquetas ou fazer uma procura na internet para encontrar criadores locais que estejam de acordo com os conceitos da moda consciente.

Outro aspecto muito essencial do novo consumidor é preferir roupas com cores e cortes mais simples, inclusive, podendo ser vestidas muitas vezes. Ele busca comprar um jeans de boa qualidade, independentemente de apresentar um valor mais alto, do que várias peças de menor preço, mas que duram um curto período de tempo. Logo, é perceptível como as diversas mudanças nas ações do público geram novas alternativas para as marcas.

Portanto, ao adotar iniciativas ecológicas e fazer os consumidores repensarem os modos de consumo, garante-se muito progresso na indústria do jeans. Pois, os etilistas e os fornecedores oferecem produtos sustentáveis e de boa qualidade, além de preservar os recursos naturais.

Gostou do nosso post? Então, aproveite para conhecer as principais inovações relacionadas à produção do jeans!