Moda Praia Brasil

Moda praia Brasil: entenda como você pode ingressar neste mercado!5 min read

Ah, o Verão! A estação mais querida dos brasileiros chegou e, com ela, o guarda-roupa se renova, dando espaço à moda praia Brasil. As camisas de manga dão lugar às regatas, as calças jeans aos shorts e, é claro, todos correm para as lojas buscando o biquíni e sunga do momento.

O Brasil é sinônimo de clima tropical, logo, a moda praia é um dos principais destaques. Sem dúvidas, trata-se de um ramo bastante aquecido no país. Para se ter uma noção, de acordo com a Associação Brasileira de Indústria Têxtil (Abit), esse setor consome cerca de US$ 1,5 bilhão por ano no mercado interno.

Preparamos este post com o intuito de informar você melhor sobre o assunto. Quer saber mais sobre como ingressar no mercado da moda praia Brasil? Então, continue a leitura!

Por que essa é uma excelente oportunidade de negócio?

O mercado moda praia Brasil está sempre aquecido, pois, como dito anteriormente, é o que mais produz e usa o estilo. Logo, mostra-se uma oportunidade praticamente certa de sucesso. Porém, é preciso ficar atento quanto às novidades do mercado, buscando sempre se diferenciar.

Existem, hoje em dia, tecnologias específicas criadas no país para a confecção de roupas de banho. A tecnologia brasileira detém conhecimentos que envolvem desde o design até a produção da moda praia.

O faturamento médio desse nicho de mercado está entre R$ 50.000,00 e R$ 100.000,00. Visto que o Brasil é predominantemente tropical, mesmo com a sazonalidade, o consumo desse tipo de produto costuma ser aquecido ao longo de todo o ano.

Ao investir nesse ramo, você também conseguirá obter lucros de porte internacional, pois o país é um dos maiores exportadores do produto no mundo. Desse modo, os ganhos vão além do lucro local.

Quais são os principais desafios do setor?

Como em diversas outras áreas, a escassez de mão de obra operacional e a falta de qualificação no ramo pode ser um problema. Para isso, é necessário que o empreendedor busque estar sempre qualificado, atentando-se para os truques típicos do negócio e, também, para as inovações do mercado na atualidade.

A rotatividade de funcionários é um outro desafio, visto que por ser um setor sazonal, ou seja, vigora apenas em um período do ano, muitos têm receio de investir e logo em seguida ficar sem trabalho. Nesse caso, o ideal é se tornar um profissional múltiplo, capacitando-se para atuar em outros segmentos da moda também, como a outono-inverno.

Para isso, desenvolver parcerias com escolas profissionalizantes, de forma a capacitar os seus funcionários para qualquer desafio que venha pelo caminho, pode ser a solução. Um exemplo desse tipo de escola é o SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial).

O alto custo como em outros segmentos, também pode ser um desafio a ser enfrentado. Para isso, uma solução está em procurar empresas que fomentam negócios de diversos portes, tais como o SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas). O empréstimo costuma ser vantajoso para ambas as partes.

No caso das cidades afastadas do litoral, o investimento na moda praia Brasil não deixa de ser uma boa opção, pois muitos viajam e querem estar na moda ao chegar no destino previsto. Fora os que vão a clubes, piscinas de condomínio etc. É importante não esquecer que independente do clima do lugar, existem turistas que frequentam hotéis e, geralmente, buscam nas lojas da cidade roupas de banho para usar na piscina do local.

Não se esqueça da parte jurídica do negócio! Para abrir a empresa, será necessário comparecer na Junta Comercial de sua cidade e realizar a apresentação de todos os documentos exigidos. Além disso, será preciso emitir alvarás pelo Corpo de Bombeiros e obter o CNPJ por meio da Receita Federal.

Como é possível se destacar na área?

Primeiramente, procure estar atento às tendências de mercado. Workshops, palestras e seminários sobre o assunto são sempre uma boa opção para isso. Se for necessário, invista também em cursos de atualização.

Busque encontrar um foco no mercado moda praia para se destacar. Por exemplo, se a sua intenção é trabalhar com moda praia feminina adulta, invista no conhecimento de modelos de biquínis, cangas, maiôs etc. Agora, se prefere optar pela moda praia infantil, pode-se trabalhar desde as roupinhas de banho até acessórios diversos como boias, nadadeiras e chinelinhos.

Falando em acessórios, a moda praia nem sempre se baseia apenas nas vestimentas. Um golpe de mestre que pode alavancar seu negócio está na venda de bijuterias praianas, por exemplo. Brincos e colares de conchas, palha, madeira e outros diversos materiais naturais costumam fazer a cabeça do público feminino. As bijuterias típicas da estação como tornozeleiras e anéis para os dedos dos pés também podem ser uma excelente aposta.

A moda praia Brasil masculina, apesar de menos variada que a feminina, também tem grandes tendências. É cada vez mais comum que os homens optem por bermudões em vez das famosas sungas, que podem ser de materiais diversos como nylon e tactel. Óculos escuros, chinelos trançados e acessórios variados como mochilas, tênis de corrida e equipamentos de mergulho são exemplos de outros produtos que podem fazer parte de uma linha masculina da moda praia.

Para iniciantes, a dica é apostar na revenda de grandes marcas. As lojas multimarcas são uma tendência no Brasil e impulsionam muito empreendedores em início de carreira. Veja abaixo algumas marcas famosas com que você pode fazer parcerias:

  • Água de Coco;
  • Cia. Marítima;
  • PatBo;
  • South Beach;
  • Blue Body Brazil;
  • Verde Limão;
  • Bikini Brazil;
  • Movimento;
  • Corpo Seguro;
  • Rosa Chá;
  • Banco de Areia;
  • Calzedonia;
  • Salinas;
  • OndadeMar;
  • Lua Morena etc.

Portanto, se você quer ingressar no mercado da moda praia Brasil e obter sucesso, basta seguir essas dicas e seguir confiante! Essa é uma área aquecida e as chances de seu negócio dar certo são muito boas. Basta se dedicar e estar por dentro das principais novidades do setor para conseguir se diferenciar.

E aí, gostou de aprender como ingressar no mercado moda praia Brasil? Então, não deixe de assinar a nossa newsletter e aprender muito mais sobre o assunto!