Como identificar gargalos de produção nas pequenas indústrias? Entenda!3 min read

A produção de uma indústria é igual a uma engrenagem, composta por uma associação de elementos que garantem o funcionamento de todos os processos fabris, desde a compra da matéria-prima até o último estágio de venda. Para garantir a eficiência da linha é preciso contornar os gargalos de produção, solucionando pontos que possam prejudicar o andamento do trabalho.

São chamados gargalos de produção qualquer motivo que interfira negativamente na realização de processos, comprometendo etapas posteriores a ela. Saiba identificar quais os principais gargalos de pequenas indústrias e entenda como trabalhar para melhorá-los!

Desajustes com a matéria-prima

Nas primeiras etapas de produção está a compra de matéria-prima, necessária para a fabricação do produto. A aquisição de produtos em quantidade menor, fora do prazo de validade ou com propriedades diferentes do necessário podem atrasar ou impedir as atividades.

Tais problemas podem ser contornados com a compra e aplicação de um software de gestão, que irá controlar os recursos corretamente para equilibrar a entrada de matéria-prima e a demanda da empresa, evitando também o desperdício de material.

Falhas em fatores operacionais

Descompassos entre setores internos são mais comuns do que se imagina e podem comprometer toda a linha de produção. Atrasos, má informação e demandas confusas podem causar muito prejuízo, como aumento da carga horária e ociosidade de máquinas.

Informatizar os sistemas da empresa são uma boa solução para ter um controle automatizado do estoque e das vendas, por exemplo, antevendo a baixa de material e adiantando o fluxo dos produtos.

Os sistemas também fornecem estatísticas de gestão, de modo a auxiliar na construção de um ritmo de produção adequado para a empresa.

Baixas por fator humano

Aumentar a produtividade de uma empresa está diretamente relacionada a solucionar os gargalos de produção. O prejuízo também pode ser causado por falhas humanas, por fatores que vão desde a falta de motivação até escassez de especialização.

O treinamento do pessoal é essencial para manter a equipe funcionando com dedicação e competência. Programas de especialização podem ser feitos de modo mais estratégico e pontuais.

É interessante averiguar a possibilidade de oferecer auxílio psicológico periódico para os funcionários, identificando assim problemas que podem atrapalhar o desempenho da equipe.

Gargalos de produção em processos

A qualidade dos produtos deve ser assegurada, e para isso a mão de obra e as máquinas devem estar bem monitoradas. Quando os processos não estão bem afinados, pode ser que ocorra desperdício de tempo ou mau desempenho de uma função.

O rastreamento de um produto deve ser controlado em toda etapa de produção, o que pode ser feito por meio de um software de gestão. Periodicamente, os setores e máquinas devem ser fiscalizados cuidadosamente, gerando relatórios para o histórico da empresa.

Má manutenção de equipamentos

A quebra de máquinas pode atrasar os processos e gerar sobrecarga de funcionários. Quando um módulo não funciona, ele acaba atrapalhando a fábrica em efeito dominó.

A manutenção dos equipamentos deve ser feita periodicamente, a fim de garantir a segurança da qualidade e também dos funcionários. Alguns equipamentos mais modernos possuem sistema de alarme, que permitem ver quando quebram no mesmo momento.

O entendimento dos gargalos de produção pode elevar consideravelmente o volume de fabricação, gerando melhoras no setor da economia, do bem-estar e da produtividade da empresa.

Este post foi útil pra você? Conte para a gente o que gostaria de ver aqui no blog, deixando o seu comentário no post.