Fashion revolution: saiba o que é e quais os seus benefícios6 min read

Já pensou na importância de uma pausa para a reflexão e análise do formato de funcionamento da indústria da moda? Tal ideia já tem nome, acontece de maneira recorrente desde 2014 e é de uma iniciativa pensada para promover o olhar aprofundado sobre o uso de roupas e acessórios, evitar o desperdício e estimular boas práticas produtivas. Essas são as ideias centrais do Fashion Revolution.

O movimento sem fins lucrativos tem abrangência mundial e envolve designers, jornalistas, escritores, acadêmicos, além de produtores e marcas em torno de um único objetivo: a busca por maior responsabilidade e ética nos processos produtivos. E o melhor? Pessoas comuns também são convidadas para a reflexão. Afinal, o setor têxtil tem uma grande importância.

Quer saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura deste conteúdo. Falaremos sobre os benefícios do Fashion Revolution e sobre como o movimento pode contribuir com ideias para uma evolução na forma de atuação do setor!

Fashion Revolution: entenda o movimento

O Fashion Revolution é um movimento pensado para gerar uma reflexão sobre a indústria da moda. A iniciativa surgiu após o desabamento dos noves andares do edifício Rana Plaza, na capital de Bangladesh, onde milhares de pessoas trabalhavam, em condições precárias, para a indústria da moda.

Por isso, a tragédia gerou o falecimento de mais de 1.000 pessoas (e mais de 2.500 feridos), em meio a máquinas de costura e tecidos — a história pode ser conferida no documentário The True Cost.

Com o acontecimento, em 24 de abril de 2013, foi proclamado o Fashion Revolution Day, que acontece anualmente desde então. Além da data para refletir sobre sustentabilidade e consumismo, a semana também envolve uma série de iniciativas.

Qual o propósito do Fashion Revolution?

A ideia é que as pessoas de todo o mundo possam se perguntar: “quem faz as minhas roupas”? Aliás, nos últimos anos a hashtag #whomademyclothes (quem fez as minhas roupas) vem demonstrando a preocupação coletiva com a questão e movimentando as redes sociais.

Mais do que isso, a iniciativa convida para um questionamento sobre os processos produtivos e a necessidade de inovação inerente ao fast fashion e também à falta de transparência e segurança da indústria fashion em alguns lugares do mundo.

Com a visão de que é necessário potencializar a criatividade e a inovação para os processos produtivos, o Fashion Revolution busca garantir que a indústria da moda mundial tenha um funcionamento seguro, sustentável e ético.

Além disso, a preocupação com a continuidade do segmento fashion faz com que o movimento se auto intitule como a favor da moda e das tendências da indústria têxtil.

Por isso, a abordagem busca ser o mais positiva possível, destacando que o boicote não é o melhor caminho para a conquista de uma solução. Afinal, é reconhecida a importância do setor para a economia mundial. Para tal, sustentabilidade é algo que precisa entrar na pauta.

Sustentabilidade e responsabilidade social: mais do que uma tendência

Seja para vender para grandes empresas ou ter um formato de negócio escalável e lucrativo, existem dois pontos que precisam ser considerados. São eles: a sustentabilidade ambiental e a responsabilidade social.

Existem algumas preocupações já fortemente conhecidas no Brasil que estão totalmente alinhadas ao propósito do Fashion Revolution. São elas:

  • a necessidade do uso eficiente da água;
  • a reciclagem de resíduos;
  • a aplicação de matérias-primas sustentáveis;
  • o uso da reciclagem de resíduos e retalhos;
  • o aproveitamento das inovações da Indústria 4.0.

Por isso, combinar moda com sustentabilidade não é um assunto novo por aqui. Mas é algo a ser trabalhado e desenvolvido.

Os efeitos da Indústria 4.0 no Fashion Revolution

Outro importante pilar do Fashion Revolution é a preocupação com a segurança do trabalhador e a responsabilidade social. Nesse sentido, a Indústria 4.0 pode trazer grandes avanços.

Aliás, com a transformação digital, o uso de análise de dados (o Big Data), além da automação de processos e a customização da produção, é possível aprimorar significativamente a rotina da indústria têxtil.

Com isso, as melhorias que são ambicionadas pelos participantes do Fashion Revolution podem começar a ser percebidas de maneira mais significativa. E essa é uma tendência que vem muito forte e sólida até mesmo em outros setores do mercado.

Como aderir: aproveite os benefícios do Fashion Revolution

As empresas que querem se destacar podem se envolver com o Fashion Revolution a partir de boas práticas produtivas. A transparência sobre os processos é um dos primeiros passos. O movimento prega que é necessário conhecer quem faz as suas roupas. Por isso, dê preferência para parceiros de negócio que atuem com tal formato.

Outro ponto importante é prezar por uma atuação consciente. Isso significa ir além de um discurso de venda voltado para a conscientização da compra e do uso de roupas, mas também da produção com qualidade — para que as entregas sejam mais duráveis.

Com isso, tecidos de melhor qualidade, assim como costuras e acabamentos mais caprichados, auxiliam a fazer com que a roupa seja mais durável. Com um bom gerenciamento financeiro isso é possível! O meio ambiente e a sociedade agradecem.

A seguir, uma compilação das principais boas práticas que podem fazer com que o seu negócio esteja 100% alinhado aos propósitos do Fashion Revolution.

Boas práticas que estão alinhadas ao Fashion Revolution:

  • conheça os seus fornecedores;
  • saiba quem são os seus parceiros de negócio;
  • seja transparente quanto ao seu processo produtivo;
  • invista em sustentabilidade;
  • reduza o desperdício de água;
  • desenvolva formas de reaproveitar descartes;
  • invista em produtos duráveis;
  • respeite as normas e a legislação vigente.

Enfim, o Fashion Revolution é um movimento internacional extremamente poderoso e com uma capacidade de mobilização do consumidor muito significativa. Por isso, refletir sobre a indústria têxtil, seu propósito e seu futuro é um trabalho de conscientização e de cuidado com o planeta.

Ao conhecer o comportamento do consumidor brasileiro e entender quais são as tendências de mercado é possível explorar tanto os pilares do Fashion Revolution quanto o engajamento do público e do mercado. Os benefícios para o seu negócio serão os de estar por dentro das demandas do mercado e, além disso, poder aproveitar as inovações da Indústria 4.0 de forma muito positiva.

Gostou de conhecer melhor o Fashion Revolution? Então curta a nossa página do Facebook para conferir mais conteúdo incríveis!